É possível aprender espanhol com videoaulas?

Descubra as características da videoaula ideal que faz com que você aprenda espanhol no seu ritmo e fazendo os seus próprios horários.

É possível aprender espanhol com videoaulas?

No post Espanhol: o caminho mais fácil para adquirir uma segunda língua?  discutimos os motivos pelos quais o espanhol é uma língua que é possível aprender em pouco tempo, mas, que é necessário levar a sério para obter fluência.

Falamos também sobre o erro de achar que não precisa estudar nem praticar espanhol pela semelhança com o português; dentro desta linha, começamos o post de hoje falando sobre a superficialidade com que algumas pessoas abordam o estudo de línguas, simplificando demais as coisas.

As dicas que não servem

Navegando pela Internet você encontra muitas publicações com títulos mais ou menos assim: “Dicas de como aprender espanhol sozinho”, “dicas para aprimorar o seu espanhol online”…etc.

As tais dicas são sempre mais ou menos as mesmas:  “escute músicas em espanhol, assista filmes, converse com nativos”…e por aí vai.

Na verdade, a maioria dessas sugestões não vão te ajudar em nada. Pronto, falei! 

É possível aprender espanhol com videoaulas?

 

Filmes e música, só a partir do nível intermediário alto e avançado. De início, você precisa algo mais simples que possa entender. 

Os filmes contém falas “redondinhas” que saíram de um roteiro, não têm as características da conversação natural que ajudam a entender melhor.

As músicas distorcem bastante a acentuação e a pronúncia normal das palavras, por isto são complicadas de entender, até para os nativos.

Conversar com nativos, então, só depois que você desenvolver uma base mínima para manter um diálogo. Até porque você vai se sentir muito frustrado se tentar falar com alguém e não conseguir formar uma frase, já pensou?

Esta chapa quente é legal para se desafiar, mas é bom se preparar antes, aprender o básico para você conseguir se sair razoavelmente bem. O sucesso motiva, o fracasso desmotiva. 

 Trabalhe para gerar pequenos sucessos que, acumulados, fortaleçam a sua autoconfiança. 

Aprender com materiais disponíveis na Internet

Em teoria, é possível aprender com materiais autênticos, selecionando fragmentos adequados e arquivando eles de alguma forma para sistematizar o estudo. Mas, quem é que tem tempo, paciência e constância para fazer isso?  

É difícil achar material no nível adequado: existe muita coisa na Internet, mas você encontra coisas variadas aqui e ali.

Contudo, não existe muita oferta de materiais gratuitos sequenciados, seguindo a mesma abordagem, de início a fim. Não raro, cada professor disponibiliza uma parte do material como amostra, apenas para que as pessoas possam conhecer a metodologia.

O material de estudo deve oferecer input compreensível, ou seja, com o nível de dificuldade certa para que você possa acompanhar sem ter que procurar um dicionário.

Aqui é onde entram as videoaulas. Mas, não é qualquer videoaula que vai ajudar você no desenvolvimento da competência comunicativa.

A videoaula efetiva

A videoaula efetiva que vai contribuir de verdade na acquisição da língua e o desenvolvimento da competência comunicativa possui as seguintes características:

  • Apresentada por professor com domínio excelente da língua espanhola (seja nativo ou não). Isto é óbvio, mas, sempre é bom lembrar porque, por incrível que pareça, existem “professores” de espanhol que não falam espanhol.
  • O professor fala em espanhol para que você possa fazer imersão na língua e esquecer o português. A tradução só é empregada como recurso para facilitar o autoestudo, mas a maior parte da aula deve ser só em espanhol. Videoaula onde o professor fala português o tempo todo não vai contribuir para que você aprenda espanhol.
  • Abordagem didática que permita ao aluno compreender o que é apresentado sem necessidade de traduzir.
  • Técnicas que simulam a interação, onde o docente convida você a repetir as frases em voz alta, faz perguntas e dá espaço para você responder.

Um bom curso com videoaulas oferece a você todo o material organizado e sequenciado. Você não vai perder tempo procurando na Internet.

O curso segue uma abordagem com uma progressão natural desde os primeiros passos na língua até o desenvolvimento gradual da compreensão, passando pela familiaridade com os sons e a pronúncia, a formação de frases com base em unidades fraseológicas que você combina, no lugar de pensar em protuguês e depois tentar traduzir.

Quando as aulas seguem esta proposta diferenciada, o aprendizado é garantido. Principalmente no nível inicial e básico, onde você precisa adquirir bastante vocabulário. 

Já a partir do nível intermediário é recomendado fazer aulas de conversação para você desenvolver as estratégias de interação no idioma. 

Mas, a possibilidade de começar o curso com garantia de sucesso e fazer o básico no seu ritmo e no seu horário, por um valor reduzido (o custo é menor do que aula individual ao vivo) é muito conveniente. 

É importante lembrar também, que cada aprendente é único e tem o seu próprio estilo de aprendizagem. Não é todo mundo que consegue ter a disciplina e manter a automotivação que requer o estudo autônomo.

Na minha experiência, quando o aluno tem um objetivo muito claro, como obter um diploma oficial ou uma viagem ao exterior, consegue ter foco e iniciativa para fazer um programa de treinamento intensivo que pode seguir no seu ritmo. O curso com videoaulas gravadas funciona muito bem nestes casos!

É claro que algumas pessoas preferem aulas com horário marcado com o professor mesmo, para se obrigar a seguir um programa de treinamento em línguas. Tudo certo, cada um deve seguir a abordagem que melhor vai funcionar!

Modelo de videoaula de espanhol

Segue uma videoaula que exemplifica a proposta apresentada aqui no post:

Historia: Mi hermano y yo

Mi hermano es muy envidioso. Siempre hace todo lo que yo hago. El sábado pasado fui al parque por la mañana, él también fue al parque por la mañana. Yo hice ejercicio en el parque, él también hizo ejercicio en el parque. Yo caminé 5 km, él caminó 5 km. El domingo estuve toda la tarde en casa de mamá, él también estuvo toda la tarde en casa de mamá. El mes pasado empecé clases de francés, él empezó clases de francés. Ayer tuve examen de francés, mi hermano también tuvo examen de francés. Pero hay una diferencia entre nosotros: yo no aprobé el examen de francés, pero mi hermano aprobó. 


A metodologia empregada na aula é uma adaptação de TPRS (Teaching Proficiency Through Reading and Storytelling), ensino da proficiência mediante leitura e contando histórias, criada pelo professor Blaine Ray, dos Estados Unidos. Consiste nos seguintes passos:

  • Passo 1: ouvir a história prestando atenção no significado.
  • Passo 2: ouvir de novo e responder perguntas repetitivas sobre a história, respondendo em voz alta.
  • Passo 3: ler a história em voz alta.
  • Passo 4: contar a história em voz alta, tentando lembrar ao máximo os detalhes.
  • Passo 5: criar uma história própria a partir do vocabulário aprendido.

O objetivo é fixar as estruturas na memória, através da repetição de frases em contexto.

Este é um tipo de abordagem que utilizo nas minhas aulas, mas, existem muitas outras formas efetivas de planejar uma aula de espanhol para estudo autônomo. Por isso gosto de combinar várias técnicas, levando em consideração os diferentes estilos de aprendizagem.

O que você achou? Aprendeu algo interessante com esta videoaula? Deixe o seu comentário!

 

2 comentários em “É possível aprender espanhol com videoaulas?”

Deixe um comentário