fbpx

3 ideias super efetivas para turbinar o seu espanhol

Você gostaria de melhorar o seu espanhol, adquirindo mais fluência, superando o “portunhol” e melhorando a correção das suas frases? Hoje trazemos algumas dicas importantes que tenho certeza que você vai aproveitar muito. 

Você já pensou como se relaciona o conceito de CULTURA com a APRENDIZAGEM de uma LÍNGUA? 
 Turismo idiomático
 
 
Língua e cultura são fenômenos interligados: a língua expressa a cultura, os costumes, as tradições, a geografia, a historia, as ideias, a arte e outras expressões do povo. Para compreender o que é falado é essencial conhecer o contexto onde aquelas expressões surgiram.
Levando em consideração a importância da cultura, apresentamos três dicas importantes que ajudam para atingir um bom domínio da língua espanhola:
 

1. Aprender sobre uma disciplina em espanhol

 
A aprendizagem mediante o estudo de disciplinas (em inglês, CBLL: Content Based Language Learning) é uma proposta didática que integra na mesma matéria escolar a aprendizagem de uma segunda língua com outros conteúdos curriculares.
 
Por exemplo, uma aula de geografia ministrada em espanhol permite aos alunos melhorar o seu nível de espanhol ao mesmo tempo que aprendem sobre geografia. Este princípio é aplicado nas escolas bilíngues.
 
Vantagens desta abordagem:
  • Aumenta a motivação do aprendente pela possibilidade de estudar conteúdos interessantes;
  • Permite ativar a aprendizagem subconsciente da língua espanhola: os conteúdos linguísticos são adquiridos quase sem fazer esforço enquanto a mente consciente está prestando atenção aos conceitos sobre a matéria.

Como você poderia aplicar este conceito? Faça um curso sobre um assunto do seu interesse (por exemplo, jardinagem, maquiagem, vendas, etc.), mas faça o curso em espanhol. Pode ser à distância, ou então, em forma presencial nos países vizinhos. 

2. Conhecer as referências culturais

 
Os falantes de uma língua compartilham marcos de conhecimento comum que permitem falar sem especificar em detalhes toda uma situação ou contexto. Por exemplo, na seguinte frase:
 

El ex presidente de la Nación fue muy crítico con la jefa de Estado: “Cristina va a terminar como Menem”.

 
Para compreender o sentido da frase, você precisa saber, primeiro, que Menem é uma pessoa, segundo, quem é ou foi essa pessoa, e, terceiro, o que aconteceu com ele.  Os argentinos já têm essa informação e por isso compreendem o que está sendo falado. Mais aqui no Brasil, onde não assistimos a TV argentina e não participamos daquela cultura, não temos essa informação.
 
Por isso, é importante ter informação geral sobre a cultura dos países hispano-americanos para melhor compreender a língua: personagens importantes, eventos e fatos relevantes, costumes, jeito de ser dos povos, etc.
 

3. Aprender algumas expressões idiomáticas

– Con los precios aumentando va a haber que apretarse el cinturón.

 

– No te hagas mala sangre, todo va a salir bien.

 
 As expressões idiomáticas, os provérbios, bordões e outras frases feitas, são muito frequentes na língua espanhola.  Elas geralmente refletem sabedoria popular e surgem do imaginário cultural do povo. Aprender e utilizar estas expressões vai levar o seu espanhol a um novo patamar, facilitando a sua comunicação com os falantes nativos. Cada nova expressão que você descobrir será como uma aula de cultura, uma experiência enriquecedora.  
 
  
Espanhol na Rede oferece cursos no exterior que permitem vivenciar a cultura em contato direto com as pessoas, incorporando a dimensão intercultural de um jeito descontraído e divertido.
 
 
==================
Se você gostou do artigo, compartilhe com colegas e amigos nas redes sociais! Deixe o seu comentário, com certeza você tem experiências interessantes ou ideias para contribuir! 

Deixe um comentário