Como falar espanhol fluente antes do final do ano
Nova identidade visual do site
31 de janeiro de 2017
8 hábitos necessários para aprender espanhol
8 hábitos necessários para aprender espanhol
19 de abril de 2017

Como falar espanhol fluente antes do final do ano

Aprender espanhol online - Espanhol na Rede

Estamos em março…ainda da tempo de tomar uma atitude e chegar no final do ano falando espanhol!

Você gostaria de aprender espanhol e falar com fluência? Este post é para você que:

  • nunca estudou espanhol antes;
  • estudou faz tempo e esqueceu muita coisa por falta de prática;
  • se encantou pelo espanhol na sua viagem ao exterior e ficou motivado para aprender;
  • entende e reconhece muitas expressões, mas ainda não sente segurança para falar;

Se se enquadrar em alguns dos perfis acima, você pode ser considerado iniciante, ou seja, é preciso começar desenvolvendo habilidades básicas na língua, que permitirão se comunicar em situações corriqueiras do dia a dia.

Para isto, vamos refletir sobre 6 aspectos essenciais para quem está levando a sério o seu objetivo de aprender espanhol.

Estas ideias estão pensadas para quem busca a flexibilidade e conveniência de aprender espanhol online, ou  seja, escrevi este post pensando nas aulas ONLINE.

 

Aproveite a força do grupo! Curso intensivo de espanhol A1 + A2

 

1. DAR TEMPO AO TEMPO

Falar uma língua requer tempo de assimilação. É um processo complexo que envolve, além de aprender palavras e frases, internalizar esquemas que permitirão criar novas frases para expressar o que se quer dizer, e desenvolver estratégias e habilidades de comunicação e interação nas 4 destrezas: ouvir, falar, ler e escrever.

Este processo não vai acontecer da noite para o dia. Desconfie dos cursos milagrosos que prometem que você irá aprender em pouco tempo e sem fazer esforço nenhum. Muitos deles não passam de uma simples apostila ou de um material de acesso autônomo, onde você terá que se virar, sem apoio de ninguém. Em geral, desenvolvidos por pessoas que não têm preparação, não são professores de língua.

Por outro lado, existem escolas que enrolam o aluno, estendendo a duração do curso sem necessidade, para lucrar mais. O objetivo deles parece ser que o aluno não adquira fluência, para que continue pagando.

Então, o primeiro passo é compreender que para falar espanhol de verdade você vai ter que investir tempo, que vai ser um processo gradual de desenvolvimento de habilidades.

A dica é: devagar e sempre.

Encontrando uma metodologia adequada ao seu perfil, praticar meia hora por dia em forma consistente e persistente ao longo do tempo, vai dar o resultado esperado. Não será difícil de integrar na sua rotina.

Foque em desfrutar o processo, curtir o caminho, se divertir com as práticas de espanhol, e o resultado virá sozinho.

 

2. DECISÃO

Você já entendeu que vai ter que dedicar tempo para aprender de verdade, OK.

Quem sabe você até ficou um pouco desmotivado pelo fato de ter de encarar um empreendimento que vai demandar algum esforço da parte.  Por isto, você fica adiando a decisão de começar.

Eu entendo você, já estive também na mesma situação, protelando iniciar uma capacitação, é a reação normal do ser humano.

Só que cada semana que vai passando, é uma semana que você poderia ter aproveitado para se aproximar mais do resultado almejado. Quantas vezes você já pensou: “se tivesse começado faz dois anos, quando eu me interessei, agora já poderia estar na metade do curso!”, não é mesmo?

Mas não podemos voltar o tempo atrás. O que sim dá para fazer, é aproveitar agora, não deixar o tempo ir embora de novo. Assim, daqui a dois anos no futuro, você poderá dizer: “que bom foi começar e ter o resultado que eu tenho agora! “. 

A dica mais sensata que posso oferecer hoje: comece já!

3. COMPROMETIMENTO

Uma vez que você compreendeu as características do que é necessário fazer para se obter resultados efetivos na aprendizagem de espanhol, é preciso se comprometer com o seu objetivo.

Para se comprometer de verdade com qualquer projeto, entra em jogo o conceito de VALOR.

Como eu vou me comprometer com alguma coisa que não tem valor para mim? Se vou dedicar tempo e esforço a uma atividade, ela deve significar alguma coisa, deve ter algum valor.

Uma forma concreta de medir o valor dos bens e pelo investimento. Quantas vezes nós compramos algum produto ou serviço muito barato, e acabamos não utilizando? Em definitiva, não custou nada, então, não damos nenhum valor.

Existe muito material gratuito na Internet para aprender línguas, mas, por que não utilizamos de verdade estos recursos? Já quando a gente se matricula num curso e faz um investimento, levamos a sério e assumimos uma atitude responsável.

O valor que vamos dar ao curso vai depender também da escolha de um programa de capacitação de qualidade. Um professor responsável não pode oferecer um curso de qualidade de graça; o tempo e a dedicação necessária tem um custo.

Não pechinche pelo preço, escolha um curso de qualidade ministrado por profissionais competentes.

4. PERSISTÊNCIA

Se você já seguiu os passos 1-3, agora o necessário para atingir o objetivo e ter persistência.

Estabeleça uma rotina diária, com um horário separado para as práticas do espanhol. Faça todas as atividades propostas no curso, participe ativamente e se envolva até implantar o hábito.

Para desenvolver a persistência, é necessário compreender que é normal se desanimar uma vez ou outra, saber o que fazer nos momentos de dificuldade (fazer uma pausa, pedir ajuda, conversar com um colega, etc.), manter expectativas realistas e fazer a conexão entre esforço e conquista.

Valorize cada passo que você da, cada conquista, cada palavra nova que você aprende.

5. MOTIVAÇÃO

Existem dois tipos de motivação: extrínseca (baseada em fatores externos) e intrínseca (inerentes ao processo de aprender).

Para manter a motivação extrínseca, lembre sempre e mantenha vivos os motivos pelos quais você aprende espanhol: por exemplo, obter aquele emprego que você sonha, fazer a viagem que está programando, passar na prova e obter o certificado internacional, melhorar o seu curriculum, etc.

Utilize técnicas de visualização criativa:

“Muitas pessoas usam “quadros de visão”, que são coleções de imagens dos resultados desejados. Um quadro de visão pode ser criado a partir de imagens de revistas, com desenhos e/ou com palavras. Funciona de qualquer jeito. O importante é que represente os seus objetivos e que fique localizado onde você possa vê-lo diariamente.”(1)

Por outro lado, existe a motivação intrínseca, que da mais resultado: ou seja, desfrutar de cada aula, ter prazer em aprender pelo aprendizado em si.

A pessoa que gosta da língua espanhola tem muito mais chance de ter sucesso, pois já está predisposta a gostar das aulas.

Elementos tais como metodologia, tipo de atividades, material didático empregado, personalidade do professor, dinâmica estabelecida durante as aulas, e, o progresso alcançado, entre outros, são determinantes na hora de motivar o aluno na continuidade do curso.

Escolha um curso e um docente que você tenha afinidade, dai a sua motivação será maior.

 

6. A FORÇA DO GRUPO

8 hábitos necessários para aprender espanhol

Um outro elemento que contribui com a motivação e a sustentação do processo de aprendizado é o grupo.

A experiência de aulas em turma, perfeita para quem tem um perfil sociável e gosta de trabalhar em equipe, oferece as seguintes vantagens:

  • Datas de início e finalização, ajudam a ter objetivos claros;
  • Ver os outros alunos progressando gera sinergia e motivação;
  • Compartilhar experiências com os colegas faz o processo mais rico e dinâmico;
  • As ferramentas tecnológicas estimulam a aprendizagem colaborativa, com todas as vantagens dos recursos multimídia.
  • Custo menor do que um programa de aulas individuais.

Aproveite a força do grupo! Curso intensivo de espanhol A1 + A2

Em conclusão, é possível dar o primeiro passo agora e chegar no final do ano com um nível A2 de espanhol. Só é necessário refletir sobre estes pontos que levantamos neste post sobre a natureza do processo de aprendizagem de uma língua estrangeira – dar tempo ao tempo, decisão, comprometimento, persistência, motivação, a força do grupo – e escolher o programa de treinamento ou curso mais adequado ao seu perfil e objetivos.

 

————————————-

Referências

(1) https://amenteemaravilhosa.com.br/arma-secreta-atingir-suas-metas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *